Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Investigadores portugueses lançam crowdfunding para aquisição de drone que estuda alterações climáticas

Mäyjo, 31.01.14

Investigadores portugueses lançam crowdfunding para aquisição de drone que estuda alterações climáticas

 

Os investigadores do Projecto 3D.ANTARCTIDA lançaram uma campanha de crowdfundingpara a aquisição de um veículo aéreo não-tripulado (UAV), mais conhecido por drone, para apoiar a monitorização de terrenos com permafrost na Antárctida.

Esta equipa de investigadores estuda as alterações climáticas na Península Antárctida ao nível do solo permanente gelado, o permafrost. “Neste tema, as mudanças são mais difíceis de seguir, pois o solo gelado está enterrado”, refere a equipa na página da angariação.

“Nas áreas em que estamos a trabalhar, na região da Península Antárctica, as mudanças têm sido muito rápidas e a utilização deste tipo de meios para cartografar em detalhe a vegetação, as unidades geomorfológicas, a neve e o escoamento, proporciona avanços notáveis. A nossa equipa tem, por isso, enorme urgência em aceder a uma plataforma de estudo – um UAV – que nos permita obter este tipo de dados cartográficos”, explicam os investigadores.

Desde que a campanha foi lançada, a 23 de Dezembro de 2013, o projecto já angariou €12 mil, sendo que o objectivo é angariar €20 mil até ao final de Janeiro.

Está previsto que o projecto seja implementado em duas campanhas na Antárctida. A primeira deverá decorrer entre Fevereiro e Março deste ano, onde os investigadores deverão realizar testes preliminares no terreno da Península Barton, na ilha King George. A segunda decorre entre Janeiro e Fevereiro de 2015, com o levantamento em pormenor das ilhas de Livingston Deception e King George.

O Projecto 3D.ANTARCTIDA é promovido pelo Grupo Polar da Universidade de Lisboa e reúne três equipas de investigação do Instituto Superior Técnico (IST) e do Instituto de Geografia e Ordenamento do Território (IGOT). Os investigadores acrescentam que a aquisição do drone teria ainda “aplicações directas no ensino avançado do IGOT e do IST”, além de “resultar num passo enorme para a equipa” e contribuir “fortemente para aumentar o impacto internacional” conhecimento científico produzido em Portugal.

 

Foto:   .v1ctor Casale / Creative Commons

 

in: Green Savers